Detetive Particular Investigação de Pensão Alimentícia – Como Obter

Detetive Particular Investigação de Pensão Alimentícia ou de paternidade é o processo extrajudicial que visa fazer a identificação e localização do pai da criança que é registrada somente com o nome da mãe. A pensão alimentícia é o valor em dinheiro determinado pelo juiz, cujo o indivíduo intimado a isso deve cumprir tal determinação judicial. Isso serve para ajudar nas despesas dos filhos e/ou do cônjuge. Junto a esse conceito inicial, falaremos sobre a investigação de pensão alimentícia, assunto no qual discutiremos ao longo do texto.

 

A investigação de pensão alimentícia se inicia a partir da contratação de um detetive particular. A partir daí haverá uma conversa entre detetive e cliente, no qual serão discutidas todas as etapas que irão fazer parte da pesquisa do profissional investigativo. É nesse momento que o cliente deve fornecer todas as informações que ele possui e disponibilizar a identidade e último local em que o indivíduo procurado.

 

O detetive particular deverá receber inicialmente o máximo de informações disponíveis de seu cliente sobre o indivíduo no qual irá investigar, pois todas essas informações serão cruciais para auxiliar e agilizar o processo investigativo conduzido pelo detetive, além de conseguir determinar com mais precisão qual será o período necessário no caso contratado e definir qual sistema de trabalho ele irá utilizar, para que possa coletar informações suficientes para descobrir a localização do indivíduo que está sendo investigado.

Veja a seguir os dados que poderão ajudar nesse processo de localização do investigado:

 

  • Nome completo do investigado;
  • Número dos documentos;
  • Foto do procurado (mais recente possível);
  • Último paradeiro conhecido;
  • Últimos contatos realizados.

A partir desse conjunto de informações é possível obter com muito mais facilidade qualquer pista sobre o investigado, além de agilizar todo o processo de investigação, tornando tudo mais rápido e econômico.

 

O Detetive Particular Investigação de Pensão Alimentícia  Como Obter Partilha Bens Após Divórcio Atuação em Ação Paternidade 

 

O Detetive Particular Investigação de Pensão Alimentícia contratado fará o levantamento de uma série de dados e informações, tudo no mais sigilo absoluto. A cada fato apurado, o investigado e pessoas suspeitas passam a ser monitorados no intuito identificar tudo o que é feito no dia a dia deles. Para realizar essa ação, o detetive utiliza toda sua destreza e especialidade em espionagem, para conseguir se aproximar ao máximo da situação, porém sem levantar suspeitas, podendo até mesmo utilizar algum disfarce.

 

No processo de coleta de provas, o detetive usa todo o seu conjunto de equipamentos e mecanismos, como microcâmeras, celular espião, sistema de localizador de pessoas, além de ter veículos discretos sempre à disposição, pois isso ajuda para que tudo seja feito com o máximo de naturalidade possível.

 

As vantagens do processo judicial para o processado

 

Para aquele que precisará pagar a pensão alimentícia, ter um processo judicial em andamento também pode ser uma garantia. Veja abaixo porque pensar assim:

 

  • Estar em um processo judicial pode dar ao processado a oportunidade de discutir e demonstrar o valor justo que a pessoa poderá pagar a título de pensão.
  • Dessa forma, ao fixar o valor da pensão, o Juiz não considerará somente o quanto o beneficiário necessita receber.
  • O Juiz levará em conta também as possibilidades financeiras do devedor em poder arcar com custo da pensão.

 

E isso para quem deve pagar a pensão, é uma garantia!

 

Solicitação de pensão

 

Abaixo, veremos quem pode fazer essa solicitação de pensão:

  • De filho para pai, mãe e pai e de mãe para filho;
  • Dos netos aos avós;
  • Entre irmãos;
  • Não é possível que seja de sobrinho para o tio, a não ser que o tio tenha seu sobrinho como dependente, isso se comprovado por meio de documentação de dependência;
  • No caso de avós aos netos, não é algo que envolve a justiça, por não haver lei que dita sobre isso, mas é aconselhado que haja uma negociação entre avós e netos, determinando quantia e condições.

 

Período de tempo que a pensão deve ser paga

 

Nos casos em que o processado for pai ou mãe de um bebê ou criança, deverá fazer o pagamento da pensão até que a criança atinja a idade adulta ou até pelo menos que conclua todo o ciclo escolar e universitário. Em alguns casos específicos, essa pensão pode ser destinada ao tratamento de várias doenças, situações de invalidez, dentre outras circunstâncias especiais. Mas tudo será analisado em tribunal.

 

Documentos necessários para solicitar pensão alimentícia

 

  • O Principal documento é o comprovante de parentesco da criança com o requerido: a certidão de nascimento;
  • Comprovante de residência;
  • Documentos pessoais, como RG e CPF;
  • Comprovante de renda, principalmente se for solicitar isenção de taxas judiciais (pode ser a carteira de trabalho, mesmo sem registro ou o demonstrativo de pagamento);
  • Caso seja possível, ter o endereço e CPF da pessoa que será processada, mas se não tiver acesso aos dados no momento da solicitação, não há problema;
  • Também poderá ser muito útil ter o endereço de trabalho da pessoa que será processada;
  • Faça uma lista com os principais gastos da criança.